terça-feira, 12 de junho de 2018

Pensamento de Poeta - Ele me disse


ELE ME DISSE

                                                                                    - José Timotheo -


Da ostra, ao defender-se de um invasor
Nasce uma linda pérola
Nasce e cresce o lírio num lamaçal
No senado ou na câmara
Meu pai, o que nascerá?
Meu filho! Mais um ser infernal

terça-feira, 5 de junho de 2018

Pensamento de Poeta - Corruptela



Corruptela

José Timotheo

Subtrair
Sub
Trair
O povo chora
Enxugue as lágrimas
E não volte a chorar
Não peque novamente
Acerte o alvo
Para que não
O subtraiam mais
Os piratas estão a postos
Mas podemos afundá-los
Com os seus navios

terça-feira, 29 de maio de 2018

Pensamento de Poeta - O Descaso Mata



O DESCASO  MATA
José Timotheo
A vida escorrega pelos becos
Vielas que mastigam a esperança
É ali onde a omissão engole a vida
E o descaso vai matando mais que bala
Quem alimenta tudo isso?
Viramos a cara
Aplaudimos promessas
É a conivência carimbando a história
E a dívida continua lá
Quase impagável
Apela-se pela troca
Mas ela não pode ser trocada
Simplesmente por esperança
Porque onde tem bala
O sonho não colore a vida
E a dívida vai continuar escondida
Nas sombras do dia
Ou nos tiros que clareiam a noite
É a cobrança fazendo disparos
E a omissão tombando
Pela bala do descaso

terça-feira, 15 de maio de 2018

Pensamento de Poeta - Jogo da Vida



JOGO DA VIDA
José Timotheo
Na beira do precipício
Às vezes cai
Quem está longe
A lógica matemática
Para quem parte
É ilógica
Nem sempre a bola da vez
É a que está na boca da caçapa
Quem pode afirmar
Que a estrela que brilha no céu
Ainda está lá?
“entre o céu e a terra...”
As arapucas são infinitas
Mas só a que está com o seu nome
Vai te pegar
Nesse jogo da vida
As cartas vêm marcadas
E não adianta blefar
Perdeu play boy


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Pensamento de Poeta - Busca



BUSCA

José Timotheo

Partir
Dividir corpo
E alma
Calma
Checar
Novo encontro
Mais um terreno
Para arar
Preparar
Lutar
E sonhar
Estrada longa
Busca (in) finita
Angelizar-se

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Pensamento de Poeta - Filosofando por Nada



FILOSOFANDO POR NADA

José Timotheo


Nada sobre o nada
Penetrar no universo
Da inexistência
Existência inexistente
Atentar sobre o vazio
Que já é questionável
Vê-se o buraco negro
Engolindo, engolindo
Engolindo o quê?
Massa?
Mas o que se vê, não existe
O que se acha que se vê hoje
Já foi engolido há milênios
O buraco pode não estar
Tão negro assim agora
E nem estar esburacando o universo
Mas que estamos metidos em buracos sem saída
Isso é inquestionável
Tudo é um buraco só, isso é
Tanto aqui quanto lá
Mas aí questiono se existe lá
A minha estrela predileta, um pontinho
Há milhões de anos sumiu
E aqui some gente a toda hora
O nosso aqui é só questionamento
Só de teorias vivemos no quem sabe
Mas o que me faz pensar no nada
Acho que não é nada
Entretanto fico encafifado
Com a existência ao fechar dos olhos
Com eles abertos, não sei do nada
E com eles fechados, do nada sei
Então vou empurrar para outra alçada: deus
Pergunto e fico esperando a explicação
Até hoje não chegou nem uma e nem outra
Acho que estamos indo atrás das perguntas
Que não vamos encontrar tão cedo
E as explicações que estão dentro do nada
Nada é mais nada do que nada
E... Big bang

terça-feira, 24 de abril de 2018

Pensamento de Poeta - Rio Doce



RIO DOCE

José Timotheo

O nosso rio doce
Está amargo
Continua
Afogado num mar de lama
Trama urdida nas trevas
Dentro de caixas- fortes
De inespugnáveis barragens
De consciências doentes
Nosso rio...  Sem açucar
Transporta descaso e flagelo
 agoniza num leito barrento
Morrendo de fome e de sede
Nosso rio
Um pesadêlo contínuo
Que parece não ter fim
E
Acabou-se o que era doce